Como Gerar Leads em Eventos – 6 Dicas Para Captar Leads no Seu Evento

Antigamente, na hora de pensar em estratégias off-line para uma marca, os eventos estavam entre as soluções mais escolhidas pelas empresas. Hoje, depois do “boom” da plataforma digital como mais um meio de trabalhar o marketing, eles passaram a ser vistos, erroneamente, como ultrapassados. Afinal, pensar em gerar leads sempre está associado ao marketing digital. Mas saiba que aliar o on e off-line para potencializar o alcance do seu negócio é uma excelente escolha.

É fato que as métricas – fundamentais para mensuração em ações digitais – não funcionam tão bem no mundo off-line, no que diz respeito a números concretos e medições objetivas. Porém, o ponto de convergência entre as duas plataformas pode trazer resultados surpreendentes.

Eventos ainda são um excelente canal para networking, captar leads e aumentar a visibilidade da sua marca. Quer como gerar leads em eventos? Continue com a gente aqui no texto!

 

 

1. Identifique seu público-alvo. Quem você quer converter em lead?

 

Isso vale para toda estratégia de marketing e comunicação: é preciso saber quem é exatamente o público da sua marca. Só a partir dessa resposta será possível traçar um planejamento, como a pré-divulgação do evento, a divulgação, a escolha dos profissionais das palestras (quando houver), as atrações, brindes etc. Falaremos mais disso a partir do próximo tópico.

 

Portanto, se você já tem uma persona bem definida (ou várias), ótimo. Primeiro, estabeleça para qual delas o evento em questão será focado – até porque ele pode ser direcionado a apenas um segmento. Identifique quem são as pessoas que você quer atrair e converter em leads para, depois, virarem clientes reais.

 


Leia também: Por que e como patrocinar eventos?
(Alex, faz sentido indicar um texto mais de topo de funil dentro deste?


2. Crie um pré-evento. O interesse do público começa aí.

 

Para engajar o target a comparecer no evento e já criar uma relação de proximidade, é relevante gerar mais interesse nele em relação ao que vai acontecer por lá. Uma ótima forma de fazer isso é disponibilizar um webinar (ou webinário), em que o acesso à transmissão ao vivo é dado em troca de algumas informações da pessoa. Ou seja, em troca de uma conversão.

O conteúdo do webinar pode ser sobre um assunto relacionado à sua marca, produto e serviço, no contexto de uma prévia do que as pessoas verão no evento. Também é uma vantagem para o público, que poderá tirar dúvidas e fazer perguntas.

 

3. Divulgue o evento.

 

Com o pré-evento, muita gente já vai ficar sabendo, o que é ótimo. De qualquer forma, não dá para pular a etapa da divulgação “oficial”; afinal, quanto mais pessoas forem impactadas, melhor – mas de maneira qualificada.

É aí que seu target que já conhece sua empresa e a parte que ainda não conhece podem se interessar. Potencialize esse processo investindo em uma campanha de marketing, focando nos principais interesses desse público.

Com a criação de uma landing page para as inscrições, você coleta os dados e converte os participantes em leads. Além de saber informações mais comuns sobre eles, aproveite para fazer perguntas que te mostrem o quanto o perfil da pessoa se adequa ao que você quer. Assim, posteriormente você poderá tomar como base para futuras ações de marketing essa compilação de dados enriquecidos.

 

4. Leve EXPERIÊNCIA para o evento. Invista em atrações.

 

Pessoas são atraídas para aquilo que desperta sua atenção, e isso inclui não fazer “mais do mesmo”.

Escolha atrações que chamem público, como por exemplo, o VirtualClimb (a parede de escalada virtual da Virtux) e o FlightPro (o nosso simulador de vôo)sem esquecer de oferecer algo compatível com os valores da sua marca e com o interesse de quem você quer captar. Se isso não é feito, o risco de ter leads não qualificados é muito grande – e qualidade sempre é mais importante que quantidade! Ter pessoas no seu estande mais interessadas na atração do que na sua marca ou no evento como um todo não é nada legal.

5. Distribua brindes.

 

Poucas pessoas resistem a um brinde, não é? Isso quer dizer que entregar alguns aos participantes do evento é uma ótima forma de atrai-los para o seu estande e de coletar informações úteis.

Mas cuidado nesta relação de troca em especial: a quantidade e “profundidade” das perguntas devem estar relacionadas ao tipo de brinde que você está disposto a distribuir. Se o seu evento definiu que serão entregues canetas e bloquinhos de papel, não vale perguntar coisas mais pessoais como renda familiar, por exemplo.

6. Pense no PÓS-EVENTO.

 

Sim, o trabalho de reter os leads não termina junto com o evento. Muito pelo contrário: sua tarefa de nutri-los começa neste ponto; afinal, nem todo mundo que foi convertido no evento estava no momento de compra do seu produto ou serviço. É preciso preparar essas pessoas para chegarem “na hora certa”.

Veja esses dados de um estudo de inbound marketing da Hubspot: dos leads captados, somente 25% estão, de fato, em seu momento se compra. O problema é que 79% deles, em média, não convertem em vendas porque não são nutridos! Que desperdício, não?

Investir na nutrição significa ter 50% mais chances de conseguir fechar o negócio. Para isso, siga algumas ações como as abaixo para não perder potenciais clientes:

Trabalhe em campanhas de e-mail marketing

 

  1. Agradeça a participação das pessoas e solicite um feedback (algo também muito valioso para saber em quais pontos melhorar e no que você pode inovar).
  2. Prepare conteúdos relevantes e envie-os periodicamente.
  3. Crie um fluxo de automação.
  4. Esteja presente nas redes sociais.

 

 

Acreditamos que, com essas 6 dicas, você está mais do que preparado para ter ótimos resultados com seu evento. Gostou? Tem mais ideias e estratégias para acrescentar à lista? Não deixe de nos contar nos comentários abaixo. Até breve!

 

 

Quer uma proposta de atração para o seu evento? Deixe seu contato abaixo.

Contato
reCAPTCHA

 

Deixe uma Resposta

Este campo é obrigatório.

Este campo é obrigatório.

Este campo é obrigatório.

XHTML: Você pode utilizar essas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>